Skip to content

Mudamos de site!

Acessem o www.blocodepedra.com.br ou www.calonamao.com.br

Mudando de site!

8 outubro, 2010

Olá!

A dois anos criamos nosso blog/site no wordpress.com, sem imaginar a proporção que esta iniciativa tomaria. Em 24 meses algumas centenas de pessoas começaram a participar ou conheceram o Projeto Calo na Mão e o Maracatu Bloco de Pedra por meio do site. Os números são incriveis, foram 102 posts/notícias, 600 comentários de leitores e 91 mil acessos!

Com a criação do www.maracatu.org.br em 2009 o Maracatu Bloco de Pedra tornou-se parceiro do projeto e hoje ínicia a migração definitiva de seu site. A partir de agora os domínios http://www.blocodepedra.com.br e http://www.calonamao.com.br passam a direcionar os usuários para o http://www.blocodepedra.maracatu.org.br, onde disponibilizaremos todas as informações oficiais do Bloco e do Calo na Mão, além de contar com todo o conteúdo do Maracatu.org.br e a rede de Grupos e Nações de Maracatu que esta se formando nesta plataforma. Por ora os usuários não devem perceber muitas diferenças mas em breve novas funcionalidades devem ser incorporadas ao site.

Agradeçemos a toda a equipe de desenvolvedores e a comunidade que mantem o wordpress.com, além de nossos visitantes e colaboradores! Obrigado!

Para acessar o novo site do Bloco de Pedra e Projeto Calo na Mão clique aqui!

Para saber mais sobre o Maracatu.org.br clique aqui e leia a carta de intenções!

Anúncios

Papo com Mestre Toinho

21 setembro, 2010

Olá! No final do ano passado Seu Toinho, mestre do Maracatu Nação Encanto da Alegria, esteve em São Paulo realizando oficinas e participando do cortejo de lançamento do Maracatu.org.br. Em sua passagem pela Escola Alves Cruz, participou da Oficina Aberta de Maracatu e conversou por cerca de 1h com os participantes do Projeto Calo Na Mão. Já passou quase um ano mas ai estão dois trechos da conversa em video. São 15 minutos de video mas muuuita coisa pra aprender!

Veja também o Myspace do Encanto da Alegria

Apresentação – Museu Afro Brasil – 22/08/2010

19 agosto, 2010

Boa tarde pessoal,

Neste domingo (22/08/2010) o Maracatu Bloco de Pedra  realizará um cortejo no Parque do Ibirapuera em comemoração aos 56 anos do parque a convite do Museu Afro. Com muita satisfação estamos divulgando as informações para os integrantes e todas as pessoas que queiram prestigiar este grande evento. Lembrando que especialmente nesta apresentação levaremos além do Estandarte do Maracatu Bloco de Pedra e do Museu Afro, 2 Estandartes de Nações de Maracatu e 2 Calungas do acervo do museu, ou seja, responsabilidade com a tradição e festa bonita!

Aos Integrantes do Bloco de Pedra:

Chegada no Alves: 09H00

Transporte: Teremos dois ônibus exclusivo para integrantes, o desembarque será no portão 10.
Camarim: Teremos um camarim onde deixaremos os nossos pertences e teremos uma breve conversa.
Teremos água durante o percurso do cortejo.
Figurino: Camiseta Vermelha e Calça/Saias Brancas conforme o padrão do grupo.
Inicio do cortejo: 11H00
Término:12H30

Sobre o Museu Afro

O Museu Afro Brasil – Organização Social de Cultura, vinculado à Secretaria de Cultura do Governo do Estado de São Paulo, é um espaço de preservação e celebração da cultura, memória e da história do Brasil na perspectiva negro africana, assim como a difusão das artes clássicas e contemporâneas, populares e eruditas, nacionais e internacionais.

Localizado no Parque Ibirapuera, em São Paulo, foi inaugurado em 23 de outubro de 2004 e possui um acervo de mais de cinco mil obras. Parte das obras, cerca de duas mil, foram doadas pelo artista plástico e curador, Emanoel Araujo, idealizador e atual Diretor Curador do Museu.

A Biblioteca do museu, cujo nome homenageia a escritora, Carolina Maria de Jesus, possui cerca de 6.800 publicações com especial destaque em uma coleção de obras raras sobre o tema do Tráfico Atlântico e Abolição da Escravatura no Brasil, América Latina, Caribe e Estados Unidos. A presença negra africana nas artes, na vida cotidiana, na religiosidade, nas instituições sociais são temas presentes na biblioteca.

O museu mantém um sistema de visitação gratuita para todas as exposições e atividades que oferece; um Núcleo de Educação com profissionais que recebem grupos pré-agendados, instituições diversas, além de escolas públicas e particulares. Através do Núcleo de Educação também mantém o programa “Singular Plural: Educação Inclusiva e Acessibilidade”, atendendo exclusivamente pessoas com necessidades especiais e promovendo a interação deste público com as atividades oferecidas.

Localização

Endereço:

Av. Pedro Álvares Cabral, s/nº

Pavilhão Padre Manoel da Nóbrega

Parque Ibirapuera – Portão 10

04094-050 – São Paulo – SP

Fonte:museu afro

Sobre as Calungas

CALUNGAS

A BONECA É DE CERAUm dos elementos sagrados do maracatu é a Calunga, também chamada de boneca, sempre presente ao cortejo das nações africanas, do qual se originou o nosso maracatu. Segundo esclarece Alberto da Costa e Silva 1: “Mantendo-se em segredo, os vínculos entre grupos ambundos, num segredo auxiliado pela ignorância dos senhores de escravos, tinham os chefes vendidos [escravos] de mostrar a fonte do seu poder – e já agora também penhor de unidade do grupo ao Brasil -, a calunga”.

Até os nossos dias a Calunga faz parte do ritual do maracatu, encarnando nos seus axés a força dos antepassados do grupo. Em sua honra são cantadas, ainda dentro da sede, as primeiras loas, quando a Calunga é retirada do altar pela dama-do- paço e passa às mãos da rainha, que a entrega à baiana mais próxima e assim se sucede, de mão em mão até retornar novamente às mãos da soberana.
No Maracatu Elefante, pesquisado entre1949-52 pelo musicólogo Guerra Peixe, três calungas se destacavam: Dona Emília, Dom Luís e Dona Leopoldina.
A boneca é de cera
É de cera e madeira
A boneca é de cera
É de cera e madeira

Para a calunga “Dona Emília” eram dedicadas as maiores atenções. A ela era entoada a primeira toada, referida acima, na cerimônia também denominada de “a dança da boneca”. A ela também eram consagrados os cânticos mais fortes: é essa principal boneca levada à porta da igreja de Nossa Senhora do Rosário; com ela o Maracatu Elefante dança diante dos terreiros (de xangô) visitados. É nas canções oferecidas a Dona Emília que os músicos executam o ritmo de Luanda – o toque “para salvar os mortos” ou eguns. 2

“Dom Luís”, segundo Guerra Peixe, representa “um rei africano”, sendo por isso considerado como “Rei do Congo” pelos membros do grupo, bem de acordo com a interpretação recente de Alberto da Costa e Silva (op. cit.); numa clara referência aos primórdios do folguedo, coincidindo com a crença de que os poderes da Calunga estariam ligados aos seus ancestrais africanos, como bem enfoca esta loa: “A bandêra é brasilêra/ Nosso reis veio de Luanda / Ôi, viva Dona Emília / Princesa Pernambucana”. fonte:maracatu.org.br

Calungas Expostas no Museu Afro

Esperamos você lá!

Axé

Apresentação Virada Cultural

14 maio, 2010

Olá Pessoas!

Pelo segundo ano consecutivo estaremos nos apresentando na Virada Cultura de São Paulo.

Assim como no ano passado, estamos todos cheios de espectativas.

Vamos fazer com que seja tudo muito bonito da mesma forma que foi da outra vez.

Segue as informações:

Data: 15/05

Horário: 22:30h

Local: Av. Rio Branco – nosso cortejo será realizado ao longo da Av. Rio Branco, saindo da esquina com a Av. Duque de Caxias, indo até o Largo do Paisandu.

Integrantes do Bloco de Pedra

Encontro no Alves Cruz: 20h, sairemos por volta das 21h.
Retorno: logo após o término do cortejo.
Transporte: teremos dois ônibus.
Figurinonovas camisetas vermelhas, calças e saias brancas. As camisetas serão entregues ao longo do sábado, durante a tarde, e momentos antes da apresentação. Aqueles que ainda não solicitaram suas camisetas devem verificar o excedente junto a Equipe Org. Conforme combinado, somente participarão da apresentação quem estiver com figurino do Bloco de Pedra.


Apresentação – 08/05/2010

6 maio, 2010

Galera, boa noite!

Neste sábado teremos uma apresentação, segue os combinados:

Realizaremos uma apresentação para representantes da comunidade, Dirigência Regional de Ensino, direção do Alves Cruz, Ong Projeto Fenix e Escola da Família, que estarão reunidos desde cedo com representantes do Projeto Calo na Mão.
Esta apresentação servirá também como ensaio para a Virada Cultural.
Data: este sábado, dia 08/05.
Local: no próprio Alves Cruz.
Horário: 15hs
Encontro dos integrantes: 13:30h
Figurino: camisetas amarelas e calças e saias brancas, padrão. Será nossa despedida das camisetas amarelas,
a última apresentação com esse figurino.
Outras informações importantes:
1) Convidem seus pais, parentes e amigos para assistir ao Bloco de Pedra neste sábado, é uma boa oportunidade para conhecer o seu grupo.
2) A apresentação deste sábado servirá também como ensaio para a Virada Cultural. Poderemos mensurar qual será nossa formação, o número de integrantes, músicas e outras questões técnicas. Iniciaremos também a organização e preparativos, como a lista de participantes para a Virada Cultural, veja mais logo abaixo.
3) A reunião que será realizada logo cedo antes da apresentação, junto a todos os participantes mencionados acima, será um evento importante e delicado para o bom desenvolvimento das nossas atividades. Na reunião, serão definidas ações que viabilizem a permanência do Projeto Calo na Mão no Alves Cruz, atendendo também o bem estar e as solicitações da comunidade local, concentradas em duas principais questões: o volume sonoro do nosso bloco percussivo, e a conduta do público do projeto nos arredores da escola após o término das nossas atividades. Portanto, entendam, é importante e fundamental o apoio e participação ativa de todos os integrantes, demonstrando, principalmente, a seriedade e boa organização do Projeto Calo na Mão através da apresentação do Bloco de Pedra.
4) Devido a essa apresentação, não haverá aula de Introdução ao Maracatu e Oficina Aberta de Maracatu. A aula de Construção de Instrumentos será realizada normalmente, as 10hs.

No próximo dia 15/05 iremos nos apresentar na Virada Cultural, em breve maiores informações.

Inscrições abertas

4 março, 2010

O Projeto Calo na Mão abre inscrições para os cursos de Introdução ao Maracatu e Oficina de Construção de Instrumentos. Os interessados podem fazer as inscrições a partir deste sábado, dia 06/03, na mesa de informações do projeto. As atividades são totalmente gratuitas e neste ano oferecem novidades. O número de vagas é limitado e a procura é grande, não perca tempo. Confira as datas e informações adicionais logo abaixo:

Curso de Introdução ao Maracatu

Como o próprio nome diz, o curso tem o objetivo de promover a introdução dos novos brincantes à cultura do maracatu de baque virado. A atividade oferece algumas novidades em 2010. O curso ficou mais longo, com a duração de dez aulas, o que possibilita a abordagem de conteudos básicos e intermediários. Outra novidade – os alunos poderão optar pela escolha da prática de qualquer  instrumento, assim como a dança  – opção essa que deve ser informada no ato da inscrição. O curso promove atividades práticas, mas também reserva momentos teóricos acerca da história da cultura do maracatu. As aulas serão ministradas por um grupo de professores e assistentes formado por integrantes do Grupo Maracatu Bloco de Pedra.
Início: dia 03/04
Horário: aos sábados, das 14h as 15h.
Duração: 10 aulas.

Oficina de Construção de Instrumentos

A Oficina de Construção de Instrumentos do Projeto Calo na Mão oferece uma introdução ao mundo da luthieria – confecção artesanal de instrumentos – através da construção de instrumentos típicos do maracatu de baque virado. Este curso também apresenta novidades em 2010: agora, além da construção das alfaias, os interessados também poderão optar pela confecção de caixas e agbês. O curso oferece atividades práticas e teóricas acerca da história do maracatu, além de conceitos de afinação e manutenção dos instrumentos. Os alunos participarão de todos os processos de confecção dos intrumentos, assim como a escolha e preparo da matéria prima, a escolha e utilização de ferramentas adequadas, planejamento estratégico e raciocínio lógico. Os instrumentos produzidos agregam ao patrimônio do projeto e são disponibilidos para as atividades percussivas.
Início: dia 03/04
Horário: aos sábados, das 10h as 13h.
Duração: 12 aulas.

Batizado de novos integrantes do Bloco de Pedra

O batizado é o momento de ingresso de novos integrantes ao Grupo Maracatu Bloco de Pedra, grupo esse que possui um carater informal, livre e irrestrito, sendo portanto um grupo aberto onde todos os interessados podem participar. Porém, o Bloco de Pedra reserva um processo de ingresso de seus novos integrantes, que tem início na participação do curso de Introdução ao Maracatu, e sua conclusão no batizado de novos integrantes. O batizado de novos integrantes do Bloco de Pedra não é uma atividade religiosa, não possui qualquer cunho ou vínculo religioso. Se resume a uma boa conversa, onde são apresentados os preceitos e objetivos do grupo, sua forma de atuação e organização, permitindo assim aos novos integrantes que tenham conhecimento que qual o funcionamento de seu novo grupo.

Data: dia 27/03
Horário: as 13h.
Pré- requisitos: os interessados devem, obrigatoriamente, ter concluido o curso de Introdução ao Maracatu e convidar/escolher/indicar um padrinho (integrante veterano do Bloco de Pedra), que também deverá estar presente durante o batizado.

Para esclarecimento de dúvidas, consulte a Equipe Org na mesa de informações do projeto. As incrições devem ser realizadas aos sábados, na mesa de informações do projeto, de forma presencial. Não realizamos inscrições pela internet.

Maracatu no Carnaval

11 fevereiro, 2010

O Projeto Calo na Mão está de portas abertas neste carnaval. Todos estão convidados a participar da Oficina de Maracatu, no sábado, dia 13/02, a partir das 15hs. A atividade é aberta, lívre e gratuita, não é necessária prévia inscrição. Para participar, basta cair na folia – os instrumentos estão a disposição e os batuqueiros e dançarinos do Bloco de Pedra aptos para auxiliar a todos. Não há limite de idades e nunca é tarde para começar, portanto, aproveite o carnaval de São Paulo no ritmo do maracatu.

Projeto Calo na Mão
Escola Estadual Prof. A. Alves Cruz
Endereço: Rua Alves Guimarães, 1.511 – Pinheiros
esquina com Av. Heitor Penteado.
Data: sábado, dia 13/02 – das 15hs às 17hs.

Batuqueiros do Bloco de Pedra e alunos do projeto podem chegar mais cedo para ajudar na manutenção e afinação dos instrumentos – os trabalhos começam as 13hs.