Skip to content

EXPOSIÇÕES – Smetak Imprevisto. Instruir + Mentes = InstruMentos

29 outubro, 2008

Está em cartaz no MAM-SP a exposição Smetak Imprevisto do artista plástico e músico suíço radicado na Bahia por 30 anos, Anton Walter Smetak (1913-1984).

Smetak Imprevisto expõe instrumentos musicais de luthieira que se combinam cabaças, bambu, tubos de PVC, isopor e outros materiais recicláveis, um conjunto que resulta no que o artista batizou de “plásticas sonoras”.

A exposição é interativa e está montada em formato multimídia, ou seja, vários elementos áudio-visuais interagem com o visitante, além da liberdade de experimentação com instrumentos da exposição. As legendas de cada obra são as explicações deixadas por escrito pelo próprio artista, o que permite que o público possa compreender mais do pensamento de um dos músicos mais inventivos de seu tempo, que influenciou movimentos como o tropicalismo e deixou seguidores até os dias de hoje.

Os instrumentos são exibidos em três grupos:

M2005
Os instrumentos deste nicho são exibidos em uma formação que reproduz o som de cada um deles à medida que vão sendo iluminados um a um, para que o público possa distinguir de qual vem o som. Ao final, todos eles se juntam para reproduzir um registro sonoro deixado pelo artista de uma partitura de sua autoria chamada de M2005.

Luthieria clássica experimental
São peças criadas à semelhança de instrumentos clássicos, como o violino (fidle), violoncelo (violoncelo cristal), violão (violão aeólico, para ser tocado pelo vento), viola de gambá (gambus orientalis) e guitarra (bicéfalo, uma guitarra de dois braços que se entrecruzam, homenagem a Gilberto Gil, então um de seus discípulos). Os Choris, instrumentos de corda feitos de materiais orgânicos, como cocos, cabaças e troncos, também foram originados na pesquisa em luthieria e produzem um som que Smetak acreditava reproduzir algo em entre o choro e o riso, portanto: Cho-ri.

Plástica sonora
Obras com forte apelo visual, criados com uma preocupação estética ligada à filosofia professada por Smetak, na qual cada cor e cada forma geométrica utilizada tem um significado específico. O som produzido por algumas destas plásticas sonoras poderão ser ouvidos por meio de um sistema ativado pela presença do visitante.

 
SERVIÇO
Exposição “Smetak Imprevisto” – Grande Sala
Curadoria:
Jasmin Pinho e Arto Lindsay
Concepção: Casa Redonda
Visitação: 10 de outubro a 21 de dezembro de 2008
Local: MAM-SP
Endereço: Parque do Ibirapuera – Av. Pedro Álvares Cabral, s/nº, portão 3
Telefone: (11) 5085-1300
Horários: De terça à domingo e feriados, das 10h às 18h
Ingresso: R$ 5,50

Sócios do MAM, crianças até 10 anos e adultos com mais de 65 anos não pagam entrada.

Aos domingos, a entrada é franca

Fonte: <http://www.mam.org.br/2008/_uploads/boletim/boletim_4_0_nor.pdf>. Acessado em 28 out. 2008.

Anúncios
One Comment leave one →
  1. marciolozano permalink*
    31 outubro, 2008 6:33 pm

    Massa, gostei do post!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: