Skip to content

Letras das toadas

7 abril, 2009

Opa! Faz tempo que estamos devendo um post com as letras de todas as toadas do Bloco. Sempre existem músicas novas na “fila de espera” aguardando para fazer parte do nosso repertório, mas abaixo seguem apenas as que já executamos.
Quase todas foram feitas para o Bloco de Pedra, mas existem algumas exceções como Ó Pai, tocada anteriormente pelo grupo Batuntã e pelo grupo Viralatisse, além de Homenagem ao Chacon e Vem Subindo a Ladeira, compostas inicialmente para o grupo Viralatisse.

Por ora é só, se alguém perder esse post de vista ele estará na categoria Letras de Toadas.

Abs!

Amarelo Ouro
(Marcio Lozano)

Amarelo ouro,
branco Candomblé…
Quem é que sabe dizer: o que é, o que é!

Amarelo ouro,
branco Candomblé…
Quem é que sabe dizer: o que é, o que é!

Pra brincar esse Maracatu,
vem seguindo a multidão.
É mais forte o meu baque virado,
é mais belo o meu pavilhão!

Pra brincar esse Maracatu,
vem seguindo a multidão.
É mais forte o meu baque virado,
é mais belo o meu pavilhão!

Homenagem ao Chacon
(Marcio Lozano)

Esse baque é lento,
foi Chacon que ensinou.
É chamado o baque das ondas,
assim ele chamou.

Esse baque é lento,
foi Chacon que ensinou.
É chamado o baque das ondas,
assim ele chamou.

Esse baque vem de além mar
foi trazido por Nação Nagô.
Esse baque é de Orixá,
é toque de tambor.

Esse baque vem de além mar
foi trazido por Nação Nagô.
Esse baque é de Orixá,
é toque de tambor.

Deixa o tambor ecoar
se espalhar na imensidão,
que esse toque é pra lembrar
a força da tradição.

Deixa o tambor ecoar
se espalhar na imensidão,
que esse toque é pra lembrar
a força da tradição.

Lá em casa
(Marcio Lozano)

Lá em casa eu faço bombo,
feito negro fez um dia.

Pra replantar a semente
dessa gente,
gente minha.

Lá em casa eu toco bombo,
feito negro fez um dia.

Pra replantar a semente
dessa gente,
gente minha.

Lá em casa eu deixo a porta
sempre aberta é só chegar!
Com humildade, respeito e
coragem pra ficar.

Lá em casa eu canto a história
que negro viveu um dia.

Pra replantar a semente
dessa gente,
gente minha.

Mãe África (Meu Maracatu chegou)
(Marcio Lozano)

Meu Maracatu chegou
pra arrastar a multidão.
Tem a força do tambor,
feito prece e oração.

Meu Maracatu chegou
com a força e o poder,
que Mãe África deixou
pra gente se entender.

Tem um baque que é forte,
que aponta o norte, a nossa intenção…
Tem o rumo da gente
soprado no apito do meu capitão.

Tem um baque que é forte,
que aponta o norte, a nossa intenção…
Tem o rumo da gente
soprado no apito do meu capitão.

Menina da Saia Rodada
(Vinicius Pereira)

Menina da saia rodada
balança que eu quero ver.
Essa tarde eu bato bombo forte,
só pra te ver!

Menina da saia rodada
balança que eu quero ver.
Essa tarde eu bato bombo forte,
só pra te ver!

Nossa Bandeira
(Marcio Lozano)

Eu vou subir nossa bandeira
no alto da antena pra mostrar,
onde fica nossa casa,
onde é nosso lugar.

Eu vou subir nossa bandeira
no alto da antena pra mostrar,
onde fica nossa casa,
onde é nosso lugar.

De longe vai dar pra ver.
Bandeira!
Hasteada no topo do Ilê.

De longe vai dar pra ver.
Bandeira!
Lá no alto do Ilê.

O Bloco de Pedra Sou Eu
(Chacon Viana)

Sou eu, sou eu,
o Bloco de Pedra sou eu!

Sou eu, sou eu,
o Bloco de Pedra sou eu!

Chega minha gente
pode vir tocar,
no baque parado
das ondas do mar.

Chega minha gente
pode vir tocar,
no baque parado
das ondas do mar.

Quando eu toco o tambor
é pra todos dançar,
no baque parado
das ondas do mar.

Foi o Mestre Shacon
quem pediu pra tocar,
no baque parado
das ondas do mar.

É no baque parado
e no baque nagô,
chega meu povo,
tocando tambor.

É no baque parado
e no baque nagô,
chega meu povo,
tocando tambor.

Oleruê, Oleruá!
(Marcio Lozano)

Oleruê, oleruá!
Oi se atenta meu povo, se atenta,
pra essa loa que eu vim cantar.

Oi se atenta meu povo, se atenta,
pra essa loa que eu vim cantar.

É de baque virado,
essa loa!

É de baque virado,
essa loa!

É de Maracatu…

Voz dos antepassados que ecoa!
É de baque virado,
essa loa!

É de Maracatu…

Ó Pai
(Vinicius Pereira)

Ó Pai hoje eu peço ao senhor!
Ó Pai hoje eu peço ao senhor!

Proteja o meu Maracatu,
proteja o meu Maracatu.

Que é de baque virado,
vem pedir proteção.
Vou bater nesse bombo
de ombro marcado,
de rasgo na mão.

Vou bater nesse bombo
de ombro marcado,
de rasgo na mão.

Raiou o Sol
(Marcio Lozano)

Eu vi nascer um novo dia
de alfaias e luzes no olhar.
Eu vi nascer um novo dia
de alfaias e vozes a cantar.

Eu vi nascer um novo dia
de alfaias e luzes no olhar.
Eu vi nascer um novo dia
de alfaias e vozes a cantar.

Raiou o sol!

Raiou o sol,
ao som do meu tambor
raiou o sol!

Raiou o sol,
ao som do meu tambor
raiou o sol!

Vem Subindo a Ladeira
(Marcio Lozano)

Vem subindo a ladeira, vem lá!
Vem subindo a ladeira, vem lá!

Olha o Bloco de Pedra,
vem quem quer brincar.

Olha o Bloco de Pedra,
vem quem quer brincar.

Chegou, chegou!
Chegou de lá…
Vai ter tambor, ó cambinda,
pra gente brincar.

Chegou, chegou!
Chegou de lá…
Vai ter tambor, ó cambinda,
pra gente brincar.

Eu vou caminhar
(Leandro Medina)

Ah! dindinha,
a maré que vai, a maré que vinha.
que faz meus versos se orferecer,
Camará!

Quando amanhecer,
tu vai depressa filho meu,
vai correndo pro destino,
perguntar pra onde eu vou.

Eu vou caminhar,
eu vou caminhar,
eu vou, você,
vamos juntos caminhar.

Quem me derá que o amor
fosse a cor da liberdade,
a esperança é verde,
onde o sonho é azul.

Olha o Maracatu que lindo!
(Marcio Lozano)

A noite vem vindo me acende o farol!
Olha o Maracatu que lindo,
segura a pisada no tambor maior!

Olha o Maracatu que lindo,
segura a pisada no tambor maior!

Quem é que disse que é só pelas ruas
de Olinda e Recife?

Quem é que disse que é só pelas ruas
de Olinda e Recife?

No mangue levantou a poeira,
Trindade nas ladeiras do Embu…
Tainã pro Olho da Rua,
olha o Baque Virado de Maracatu!

No mangue levantou a poeira,
Trindade nas ladeiras do Embu…
Tainã pro Olho da Rua,
olha o Baque Virado de Maracatu!

Meu Estandarte

(Marcio Lozano)

Mandei bordar meu estandarte,

de vermelho e amarelo sim senhor.

Grato a Dona Simone pela arte,

a todos que fizeram sua parte,

a nego que não se acovardou.

Mandei bordar meu estandarte,

de vermelho e amarelo sim senhor.

Grato a Dona Simone pela arte,

a todos que fizeram sua parte,

a nego que não se acovardou.

Ele é tão belo, brilha feito ouro,

tem a história da gente bordada

em cada contorno.

Ele é tão belo, brilha feito ouro,

tem a história da gente bordada

em cada contorno.

Chegou Tereza!
(Marcio Lozano)

Pra trazer pr’esse Maracatu mais beleza
Pra trazer pr’esse Maracatu mais beleza
Chegou, chegou Tereza!
Chegou, chegou Tereza!

Ela é filha desse lugar
da semente que Nêgo plantou
que a Cambinda ela possa levar
e bem vinda ela seja Senhor!

Ô Tereza, ô Tereza,
esse Maracatu é sua Realeza!
Ô Tereza, ô Tereza,
esse Maracatu é sua Realeza!

Anúncios
12 Comentários leave one →
  1. Pri Rocha permalink
    7 abril, 2009 10:47 am

    Ei Marcio ,meu querido!
    Cadê “Raiou o sol”???

  2. 7 abril, 2009 6:16 pm

    Opa, coloquei no post, tinha esquecido, desculpe.

    Abs!

  3. 23 maio, 2009 9:37 pm

    e aquela…. ô vem de uma missao do alto da Conceiçao… é do bloco?

  4. 25 maio, 2009 5:22 pm

    Opa, esta é uma toada da Nação Estrela Brilhante de Igarassu. Você pode escuta-la em uma pagina deles no myspace:

    http://www.myspace.com/maracatuestrelabrilhantedeigarassu

  5. 26 maio, 2009 2:57 am

    aa valeu marcio!

  6. Rodrigo santos permalink
    17 agosto, 2009 12:52 pm

    Opá. blz marcião? sou o Rodrigo frequento o bloco ha 2 anos, já participei das oficinas tenho ido ão Bloco de Pedra não mais com tanta frequencia, devido as outras atividades mas sempre que posso vou participar… ( inclusive sou um desses que está na foto ha cima rsrsrsr dahora, dahora !!!)
    Eu Trabalho em um Circo Escola como Educador de Música. gostaria de saber se posso organizar uma visita ai no bloco com os meus alunos? se tem alguma recomendação ou exigencia ? se vocês já receberam ai alguma Excursão do tipo? ou até mesmo se existe outro maracatu que tenha esse caracter de receber Excursão ? em fim oque me diz ?
    há é verdade, gostaria de saber támbem como faço pra conseguir as musicas do bloco, baixar ou se tem algua compilaçao das músicas prontas …? valeu um abração!

  7. 18 agosto, 2009 1:31 am

    Olá Rodrigo, ainda não temos gravações das músicas com qualidade, quando gravarmos certamente vai estar disponivel aqui no site. Quanto a excursão acho que precisamos entender qual é a proposta e ver a viabilidade, a princípio acho que é tranquilo, mas é melhor conversarmos pessoalmente pra falar desta questão. Peço que procure com antecedência (de um mes) o Guga ou eu em um sábado no colégio pra conversamos.

    Abs

  8. Rodrigo santos permalink
    21 agosto, 2009 3:53 am

    Beleza … pode deixar que eu te procuro sim obrigado!

  9. Gabi permalink
    19 janeiro, 2010 7:31 pm

    cadê a nova toada, do estandarte?!

  10. 20 janeiro, 2010 9:42 am

    Opa, ainda não ta lá, logo colocamos!

    Valeu!

  11. mirim henrique permalink
    27 março, 2010 1:10 am

    Ou olha essa musica que eu inventei, n sei se ficou boa mas da uma olhadinha:

    Bloco de pedra tem seu estandarte como um grupo ou uma nação!
    Ele nasceu la, na segunda convenção!
    O nosso amigo Guga ajudou na formação!
    E a simone pelati custurou o estandarte com a maior dedicação!
    E agora é o bloco de pedra e o projeto calo na mão!

    Se gosto avisa ai, que eu passo o ritmo. Vlw ai axeéééééé

  12. carolina permalink
    11 agosto, 2010 4:54 am

    queria tanto baixar todas essas musicas 😦 eu só tenho algumas :/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: